GNR das Taipas remete ao Tribunal de Guimarães alegado caso de lenocínio em Balazar



A GNR das Taipas autuou três homens por infracção ao dever de recolhimento e identificou duas mulheres, de nacionalidade brasileira, num caso de alegada prática do crime de lenocínio.
Tudo aconteceu na passada sexta-feira, cerca das 23h30, na freguesia de Balazar.
A acção da GNR foi motivada por uma denúncia anónima.
No local, os militares identificaram três homens que abandonavam uma residência na qual não habitavam, motivo pelo qual foram autuados.
O processo foi remetido pela GNR para o Tribunal de Guimarães dadas as suspeitas da prática do crime de lenocínio.

Marcações: GNR, lenocínio, Balazar

Imprimir Email