Bons Pais, Bons Filhos: O meu filho está com medo. E agora?

 

Hoje venho falar-vos do Medo. Sabem que há pais que têm um bocadinho de medo... dos medos dos filhos?! Especialmente quando estes dizem: “Sabes? Tenho medo…”; O semáforo amarelo dispara! Os medos são companheiros mais ou menos frequentes das crianças. Aumentam ou diminuem conforme a maneira como os pais os entendem ou não! Se os pais os acolhem e, de forma firme, convencem os filhos a enfrentá-los, o semáforo amarelo apaga-se aos poucos. Por outro lado se ignorarem, os medos vão crescendo e poderão funcionar como pontos cardeais para as crianças, fazendo com que tudo se complique! Compreender os medos é a forma mais eficaz de ajudar os seus filhos a lidar com eles; Medo do escuro, dos monstros debaixo da cama, de ficar sozinho... Todos nós já passámos por isso!
Ajude-o a identificar a fonte do medo, expressando-a claramente; Faça uma lista, com seu filho, de situações que ele tem medo;
Incentive o seu filho a falar sobre os seus medos e verá que eles se vão tornar cada vez mais fáceis de ultrapassar;
Fale também sobre os seus medos quando era criança! Isso ajudará o seu filho a libertar-se deles mais facilmente;
Pense, em conjunto com seu filho, sobre algumas soluções razoáveis para que ele se sinta mais seguro e consiga controlar a situação;
Conseguir imaginar, em conjunto com o seu filho, o que o faz sentir-se bem e tranquilo, é uma das formas para o ensinar e ajudar a reduzir os medos;
Incentive, converse e elogie o seu filho. O importante é mostrar-lhe que existem sempre soluções!

Carla Oliveira, Coordenadora Técnica e Assistente Social do CAFAP do Centro Juvenil de S. José

 


Marcações: bons pais bons filhos

Imprimir Email